Citações

Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.
Salmos 19:1

- O notável filósofo americano Roderick Chisholm, que disse que o motivo do ateísmo ter sido tão influente na geração anterior era o fato dos mais brilhantes filósofos terem sido ateus; mas hoje, ele observa, muitos dos mais brilhantes filósofos são teístas, que usam o próprio intelectualismo na defesa desta crença.

Modernizing the Case for God

- “Em uma quieta revolução no pensamento e na argumentação que dificilmente alguém poderia ter previsto há apenas duas décadas, Deus está voltando. E o mais intrigante, isto está acontecendo não apenas entre teólogos ou simples crentes, mas na nata dos círculos intelectuais de filósofos acadêmicos, onde o consenso havia a muito banido o Todo Poderoso da discussão intelectual produtiva.

“Modernizing the Case for God,” Time (April 7, 1980), 65–66.

- Sir Fred Hoyle, que formulou a teoria do estado permanente do universo que eliminaria a existência de Deus, finalmente veio a crer no Planejado Inteligente do universo.

- O astrofísico Hugh Ross, que recebeu seu doutorado em astronomia na universidade de Toronto e fez pesquisas sobre quasars e galáxias, disse que as evidências científicas e históricas “deitaram raízes profundas em minha confiança na veracidade da Bíblia”.

Creator and the cosmos, pág.: 17

- O Grande cosmólogo Allan Sandage, que conquistou a versão de astronomia do Premio Nobel, concluiu que Deus é “a explicação do milagre da existência”.

John Noble Wileford, Sizing up the cosmos: na astronomer’s quest, New York Times, 12/01/1991

- Robert Jastrow, um agnóstico confesso, Diretor do Observatório Monte Wilson e fundador do Instituto Espacial Goddard, concluiu que o big bang aponta para Deus.

- O físico matemático Robert Griffiths disse: “Se precisarmos de um ateu para um debate, vou ao departamento de filosofia. O departamento de física não é de grande utilidade”.

- Edward Boyd fez algumas observações ao seu filho, o filósofo cristão Gregory Boyd sobre o fato de não ser por falta de evidências quo as pessoas afastam de Deus. Eles trocaram correspondências e debateram as evidências do cristianismo. Em 1992, depois de avaliar pessoalmente as evidências, o ex-cético Edward Boyd decidiu tornar-se um seguidor de Jesus.

Letters from a skeptic, Pág.: 189

- O ateu Sigmund Freud escreveu: “Dizemos para nós mesmos: Seria muito bom se houvesse um Deus que fosse criador do mundo e provedor benevolente, se houvesse uma ordem mundial e uma vida futura, mas ao mesmo tempo é muito estranho que seja exatamente isso que desejamos para nós mesmos.”

Freud, pág.: 57-8

ESTAMOS EM:

Juiz de Fora - Minas

CONTATO

SIGA A GENTE

  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social

©2017 - DDE | Em Guarda | Não há direitos reservados, o portal é seu.

CNPJ 24.192.292/0001-70 

©2017 - Por: SOLUÇÃO Informática e Desenvolvimento